Renda Irlandesa de Divina Pastora, Renda de Bilro do sertão, Bordado Rendendê de Japaratuba e Cedro de São João, cerâmicas, esculturas em madeira, totens, carrancas, redes, cestos, caçuás, balaios, chapéus, esteiras… o artesanato de Sergipe é rico e variado e há muitos lugares onde se pode apreciá-lo ou comprá-lo.

O Mercado Municipal Antônio Franco, no Centro, tem lojas bem abastecidas e ali se encontram de artesanato e coloridos potes de pimenta a pitorescos livrinhos da literatura de cordel. Nas proximidades, ficam o Mercado Thales Ferraz, especializado em produtos naturais, artigos religiosos, castanhas, cachaças e licores, e o Mercado Municipal Governador Albano Franco – riquíssimo em frutas, legumes, verduras, carnes e peixes, além de roupas e eletrônicos –, que surpreende pelas variadas formas de preparo da castanha de caju.

No Centro de Arte e Cultura J. Inácio, a cerâmica figurativa de Beto Pezão, famoso ceramista local, rendas e artesanato em geral.

Tudo isso e mais o Centro de Artesanato Chica Chaves, o Centro de Turismo e Comercialização Artesanal e a feirinha da Praça Tobias Barreto, aos domingos.