Embora poucos ofereçam pratos da típica culinária caiçara paulista, como o Azul Marinho – peixe com pirão de banana verde – e nenhum sirva o peixe assado na brasa quase sem tempero e acompanhado de farinha de mandioca que comiam os índios, os restaurantes da Baixada Santista preparam deliciosas receitas de peixes, camarões e moluscos. E não ficam nisso! Especialidades das mais diversas podem ser encontradas com facilidade.

Ao longo da orla de Santos, somando-se à gastronomia internacional, há restaurantes muito simpáticos especializados em pescados, como o Vista ao Mar e o Mar del Plata. O centro da cidade também oferece boas opções, como o Porta do Sol e o Café Central.

Em São Vicente, um dos destaques é o Terraço Chopp, no topo da Ilha Porchat, com boa comida e linda vista.

Na Praia Grande, a lista é imensa. Caros, moderados ou bem em conta, os restaurantes são numerosos e muito diversificados.

No Guarujá, muitos restaurantes de cozinha variada, bistrôs e cafeterias para todos os gostos. E algumas casas tradicionais, como o Restaurante do Joca, o Dalmo Bárbaro e o Rufino’s Restaurant, que servem, com inventividade e competência, pescados sempre fresquíssimos.