Muita praia, muito sol, muita saúde. Balneário Camboriú é sinônimo de descontração e divertimento, de férias e fins de semana inesquecíveis. Clima de cidade grande na Praia Central, surfe na Praia dos Amores, agito na Praia de Laranjeiras, tranquilidade em Estaleiro e Estaleirinho, naturismo na Praia do Pinho, aventura no Parque Unipraias… Escolha à vontade!

 PERFIL DA CIDADE 

Até o início de 1960, o lugar era só tranquilidade. Dava para ir de uma ponta a outra da praia principal às vezes sem encontrar ninguém. Ostras e camarõezinhos fritos em um ou outro quiosque bem rústico, sombra e água fresca e só. Hoje, Balneário Camboriú é uma das cidades mais fervilhantes e badaladas do litoral brasileiro. Turistas vindos de outras cidades do Sul e de países vizinhos, principalmente Chile e Argentina, dobram o número de habitantes da cidade durante o verão.

E todos vêm em busca de lazer despreocupado a esse pedaço de costa onde segurança, bem-estar e atendimento de qualidade são prioridades da prefeitura, da rede hoteleira, dos bares e restaurantes e dos prestadores de serviço em geral. A atividade física está sempre em alta e, em toda a extensão da Praia Central, há áreas planejadas para a prática, depois das seis da tarde, de ginástica, futebol, futevôlei, frescobol e a tradicional bocha. Isso, sem contar os esportes de aventura e eventos como o Mundialito de Fast Triathlon e o Mundial de Mountain Bike.

Para completar, a vida noturna de Balneário Camboriú é das mais animadas e seus shows musicais têm prestígio internacional.

ARREDORES

A pouco mais de 100 km de Balneário Camboriú, já perto de Joinville, encontra-se uma joia da história de Santa Catarina. É São Francisco do Sul, que, com 500 anos de passado, ainda preserva construções de outros séculos, hoje tombadas pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Caminhar pelo Centro Histórico, ao longo da orla, com cerca de quatrocentas construções de 1650 a 1720, é uma verdadeira viagem no tempo. A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Graça, de 1699, construída com argamassa de cal, conchas, areia e óleo de baleia, e o Mercado Municipal, de 1900, são visitas obrigatórias. Logo depois, o Forte Marechal Luz e o Estaleiro da Vila Glória.

O Museu Nacional do Mar, com mais de sessenta embarcações e duzentas miniaturas, conta a história marítima do Brasil e do mundo.

São Francisco do Sul é, também, um centro de manifestações culturais, como a Festa das Tradições da Ilha, com seus grupos de Boi de Mamão, a Festa Nacional dos Pescadores e a Festa do Camarão.

E o fecho de ouro: belíssimas praias e passeios de escuna pela Baía de Babitonga que percorrem quatorze ilhas, com direito a paradas para mergulhos no mar.

CONFIRA AS PROMOÇÕES DE PASSAGENS AÉREAS PARA O NAVEGANTES-SC (PRÓXIMO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ):