Matérias-primas provenientes da vegetação do cerrado dão um toque especial ao artesanato goiano encontrado em lojas e feiras de Goiânia. As peças mais típicas utilizam fibras retiradas de folhas de espécies de palmeiras – como Buritis, Macaúbas e Tucuns – e de um tipo de sempre-viva conhecido como capim dourado, sementes, como as de coquinho e açaí, e cipós.

Com esse material, os artesãos goianos criam belas coleções de cestaria, brincos, pulseiras e colares, entre outros ornamentos, e objetos de decoração. Há ainda criações em madeira, cobre, pedra-sabão, cerâmica, couro, tecidos de tear e peças de vestuário. Nas feiras hippies, da Lua, do Sol e outras, onde há também barraquinhas de salgados e doces regionais que fazem a delícia do visitante, assim como nas lojas do Mercado Municipal, é possível conferir toda a arte do povo de Goiás.

Goiânia também oferece diversos shoppings modernos, com excelentes opções de lojas e praças de alimentação.