Goiânia tem uma mesa farta e bem temperada. Empresta muitos pratos da cozinha mineira, mas guarda seus próprios sabores, como a Galinhada, o Arroz com Pequi, o Empadão Goiano, o Peixe na Telha e a Pamonha. Os ingredientes típicos da região são o pequi – um tipo de coquinho, de gosto e odor acentuados – e a guariroba – uma variedade de palmito bem amarga, boa para acompanhar carnes. Fora isso, leitão pururuca, torresminhos crocantes, linguiças, feijões, aipim cozido que se derrete na boca… a lista é imensa. Para arrematar, doces caseiros – de banana, laranja, mamão, goiaba, abóbora, coco, ovos ou leite – e um bom café de coador, tradição incontornável.

Os restaurantes são muitos. Entre o Panela Mágica, com pratos feitos com carinho e imaginação, e o sofisticado Piquiras, com receitas exclusivas, encontram-se casas das mais variadas especialidades, sempre em suas melhores versões. Difícil não ganhar um quilinho extra aqui por estas bandas.