A gloriosa história de Manaus reflete-se em suas diversas edificações. Entre elas, o Teatro Amazonas é o mais imponente testemunho dos áureos tempos do Ciclo da Borracha.

Logo ao lado, as também centenárias paredes do Palacete Provincial, do Palácio Rio Negro, do antigo Palácio da Justiça e do Palácio Rio Branco abrigam museus e centros culturais que dão ainda mais prestígio às formas suntuosas características do período entre o final do século XIX e o início do XX.

E, à margem esquerda do Rio Negro, o Porto Flutuante, com seu movimento portuário e seu comércio de rua, compartilha com o visitante o quotidiano do povo da cidade. O porto foi projetado pelos ingleses e, além dos cais fixos, possui cais flutuantes, que acompanham as enchentes e vazantes do rio e possibilitam a atracação de embarcações em qualquer época do ano.

Mas, para curtir plenamente a estadia em Manaus, um passeio de barco pelos enormes rios da região é imprescindível. Quando menos, até o encontro do Rio Negro com o Solimões, um espetáculo de grande beleza a ficar para sempre na memória.