Cajuína dourada, cadeiras na calçada, conversa boa sem hora pra acabar, mangueiras, buritis, caneleiros, oitis e ipês sombreando ruas, quintais, praças e jardins. O calor é forte, mas há sempre as folhas de uma árvore a oferecer abrigo perfumado de flor ou fruta. Cidade de coração grande, que acolhe o viajante como amigo e irmão. Com muita música, pois o povo é alegre, e muitas histórias para contar. Hospitaleira Teresina, como é bom estar aqui!

PERFIL DA CIDADE

Bem traçada, limpa, segura e moderna, Teresina costuma surpreender quem espera aterrissar num cenário de caatinga. A paisagem árida e a vida dura do homem do sertão são realidades muito distantes da tranquilidade e do verde de Teresina. Uma das mais prósperas cidades brasileiras, Teresina destaca-se atualmente por sua indústria têxtil, por suas atividades comerciais e por ser um centro médico e laboratorial expressivo. Entretanto, embora muitos cheguem em busca de negócios ou tratamento de saúde, ninguém sai da cidade sem levar um pouco dessa coisa tão especial chamada amizade.

A parte central de Teresina fica entre o Rio Parnaíba e seu afluente, o Poti, que se juntam, depois, para seguir rumo ao Atlântico. A proximidade dos rios pautou o desenvolvimento local desde o início e, hoje, continua representando um fator primordial em termos de fornecimento de água e energia. Fora isso, passeios de barco e a rara beleza do pôr do sol no Encontro dos Rios, lá para os lados de Poti Velho, onde a cidade nasceu.

ARREDORES

A distância de aproximadamente 180 quilômetros que separa Teresina do Parque Nacional de Sete Cidades vai parecer curta quando você encontrar o que, ali, espera pelo visitante. Sete Cidades é um lugar que causa estranheza. Suas formações rochosas remetem a um mundo de fantasia.

Apesar de resultar de movimentações geológicas ocorridas há milhões de anos, essas formações parecem obra da mão humana. Tanto, que diversas teorias fantasiosas creditam a construção das “cidades” a povos extintos, como fenícios e viquingues.

Piscina dos Milagres, que convida a um banho refrescante, Pedra dos Canhões, Banco da Praça, Arco do Triunfo, Biblioteca, Teatro de Arena, Igreja Velha, Passagem do Vento e Pedra da Pirâmide são algumas das fantásticas formações.

A maior parte da flora encontrada no parque é própria do cerrado – Murici, Cascudo, Bacuri, Pequi e Pau-terra – e da caatinga – Juazeiro, Jurema, Aroeira e cactos como o Xique-xique e a Coroa-de-frade. Ao longo dos rios e junto às nascentes, são comuns o Pau-d’arco e a Embaúba.

Muitas aves e animais povoam o parque e é fácil encontrar por lá papagaios, periquitos, pica-paus, corujas, seriemas, onças, tatus, veados, guaxinins, raposas e iguanas.

CONFIRA AS PASSAGENS AÉREAS PARA TERESINA-PI EM PROMOÇÃO: